30/03/2022 às 11h33min - Atualizada em 30/03/2022 às 11h33min

Dorinha se reúne com ministra Damares para apresentar resultados de Projeto voltado às mulheres tocantinenses em situação de vulnerabilidade e quilombolas

- Correio do Tocantins
Para apresentar à Ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, os resultados parciais do Projeto de Qualificação e Autonomia da Mulher: um caminho possível no Tocantins, em que a deputada federal Professora Dorinha (União/TO) assegurou mais de R$ 500 mil, a parlamentar esteve reunida nessa terça-feira, 29 de março, com a ministra e representantes do Projeto.

"Nosso foco é redução das desigualdades para que as mulheres do nosso Tocantins tenham uma profissão e sejam protagonistas fazendo com que elas se tornem cada vez mais independentes. O curso faz com que mais mulheres sejam multiplicadoras de conhecimento. Um orgulho para o Tocantins", destacou Dorinha.

Desenvolvido pela Universidade Federal do Tocantins (UFT), ao todo são 1.200 mulheres, entre 22 e 55 anos, em situação de vulnerabilidade social no Tocantins, em especial às ribeirinhas, periféricas e quilombolas que são capacitadas. Mulheres das cidades tocantinenses de Palmas, Araguatins, Arraias, Dianópolis, Miracema e Santa Tereza são os contempladas, sendo que em três dos cursos, segundo a UFT, são ministrados em quatro comunidades quilombolas.

Na ocasião, uma cesta de produtos, confeccionada pelas mulheres nos cursos de produção de doces e salgados, frutos do cerrado, foi entregue à ministra. "É a Universidade Federal do Tocantins (UFT) dando o seu melhor na inclusão social, na tecnologia social. Agradeço à deputada Dorinha por olhar por nós mulheres e pelo trabalho diferenciado que exerce como nossa representante na Câmara dos Deputados", destacou a pró-reitora de extensão da UFT e coordenadora do Projeto, Maria Santana Milhomem.

Santana esteve acompanhada do professor da Universidade e vice coordenador do Projeto, Kleber Abreu; e da coordenadora-geral da Contribuição Social da Mulher, da Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres, do Ministério da Mulher, Simone Pacini. "Cursos assim proporcionam a quebra de paradigmas em que mulheres conseguem se destacar, obtendo mais autoestima com autogestão da renda, empreendedorismo e protagonismo feminino. Continuo empenhada em levar mais recursos voltados às mulheres do Estado", finalizou Dorinha.

Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://correiodotocantins.com.br/.
Correio do Tocantins Publicidade 1200x90
event.preventDefault(); }); document.body.oncontextmenu = function(e){ if(window.event) { return (event.returnValue = false) } else { e.preventDefault() } }; window.onmousedown = function(){ if(window.event){ if(event.button == 2 || event.button == 3){ return (event.returnValue = false) } } } } } bloqtx.init();
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp