Correio do Tocantins Publicidade 1200x90
03/05/2022 às 16h18min - Atualizada em 04/05/2022 às 09h01min

Família denuncia que médicos do HGP esqueceram gaze dentro de paciente: "Começou a sair um tecido da ferida"

Jovem passou por cirurgia de hérnia de disco em março deste ano, mas nunca se recuperou. Mãe conta que uma bolsa de secreção começou crescer até estourar.

G1 Tocantins


Uma família de Miranorte, na região central do estado, denuncia que a equipe médica do Hospital Geral de Palmas (HGP) esqueceu uma compressa de gaze dentro de uma paciente durante uma cirurgia em março deste ano. O procedimento aconteceu há 50 dias e desde então a paciente Andrielly Fernanda Oliveira Jardim, de 28 anos, nunca conseguiu se recuperar.


A Secretaria de Estado da Saúde disse que o caso está sendo analisado para que as medidas cabíveis sejam tomadas. 

A jovem começou a ter problemas de coluna após sofrer um acidente de trabalho em 2019. Ela foi hospitalizada, passou por outros tratamentos, mas precisou de duas cirurgias para retirada de hérnia de disco lombar. A primeira foi em fevereiro de 2021 e a segunda no dia 14 de março de 2022.

A mãe da jovem, Darcilene Jardim de Sousa, conta que descobriu que um tecido estava dentro da filha depois que uma bolsa de secreção se formou no local da cirurgia e estourou após a última cirurgia.

“Ela não se recuperou, não melhorava. Estava todo dia no hospital, não se alimentava, não dormia e foi ficando muito debilitada. Quando estava com uns 25 dias da cirurgia começou a inchar as costas e ficar um tipo de bolsa próximo da cirurgia. Com 30 dias estourou e saiu muita secreção. Foi para o hospital, passaram bastante antibiótico até que começou a sair um tecido de dentro da ferida”, relatou Darcilene Jardim.

A mãe conta que só conseguiu vaga para retornar ao HGP nesta semana. Segundo ela, durante o atendimento na manhã desta terça-feira (3) uma médica tentou retirar o tecido “a força”.

“Nós conseguimos entrar aqui só que eles não querem fazer a cirurgia. Tentaram tirar na marra, mas ela não aguenta, grita de dor porque é grande o tecido. Não sei o que fazer. Só dizem que estão organizando, mas não fazem nada. Pedi uma ressonância para ver, mas até agora só apareceu essa médica machucando ela”, relatou.

O que diz a Secretaria de Estado da Saúde

A Secretaria de Estado da Saúde (SES-TO) informa que a paciente mencionada por este veículo segue internada no Hospital Geral de Palmas (HGP) recebendo os cuidados que o seu quadro clínico necessita.

A SES-TO destaca que a Direção Geral do Hospital foi informada do caso e solicitou que o Núcleo de Segurança do Paciente para verificar o caso específico dessa paciente para que após a análise e emissão do relatório as medidas cabíveis sejam tomadas.

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://correiodotocantins.com.br/.
Correio do Tocantins Publicidade 1200x90
event.preventDefault(); }); document.body.oncontextmenu = function(e){ if(window.event) { return (event.returnValue = false) } else { e.preventDefault() } }; window.onmousedown = function(){ if(window.event){ if(event.button == 2 || event.button == 3){ return (event.returnValue = false) } } } } } bloqtx.init();
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp