11/03/2022 às 17h29min - Atualizada em 11/03/2022 às 19h40min

Mauro Carlesse se pronuncia nas redes sociais após renúncia: 'Cheguei no limite'

Renúncia ao governo foi protocolada na Assembleia Legislativa antes da segunda sessão que votaria prosseguimento de impeachment. Ele estava afastado do cargo desde outubro de 2021.



Mauro Carlesse publicou um vídeo nas redes sociais explicando os motivos que o levaram a renunciar ao cargo na tarde desta sexta-feira (11). O pedido foi protocolado na Assembleia Legislativa horas antes da segunda sessão que votaria o prosseguimento do processo de impeachment contra ele por crime de responsabilidade. Na mensagem o agora ex-governador afirma que chegou ao "limite do que é suportável ao ser humano" e por isso resolveu desistir do mandato para se defender nos tribunais.

Carlesse estava fora do cargo desde outubro de 2021, quando foi alvo de duas operações da Polícia Federal e afastado pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). As denúncias levaram ao início do rito de impeachment na Assembleia, cujo parecer foi aprovado por unanimidade nesta quinta-feira (10).

Sem citar nomes, Carlesse disse que vai se retirar do governo porque “cheguei no limite, no limite que é insuportável ao ser humano aguentar tanta mentira, tanta bagunça como eles estão fazendo na minha vida”.

Ele agradeceu à comunidade e aos servidores do estado e afirmou que a “história vai dizer o que foi feito para o bem do estado”. Por fim, explicou que a renúncia é para que possa se defender e provar sua inocência.

"Peço a compreensão dos senhores pela decisão que tomei para poder me defender e ter oportunidade de provar que tudo isso que fizeram simplesmente foi político, política porque eles não querem o estado melhor."

Desde outubro de 2021, quando Carlesse foi afastado pelo STJ, o governo do Tocantins é exercido pelo vice-governador, Wanderlei Barbosa (Sem partido). Com a renúncia, Wanderlei deixa de ser o governador em exercício e se torna titular do cargo. A posse dele será realizada na noite desta sexta-feira (11) na Assembleia Legislativa.

Desde que assumiu, Wanderlei rompeu a relação com Carlesse e realizou uma reforma administrativa no primeiro escalão que levou à troca de praticamente todo o secretariado. Ele também herdou a base de apoio que Carlesse tinha na Assembleia Legislativa. No começo da semana, 21 dos 24 deputados estaduais assinaram um manifesto de apoio a Wanderlei.

Confira pronunciamento de Carlesse na íntegra:

Amigos e amigas vocês têm acompanhado as redes sociais, vocês têm ouvido muitas matérias de todas as formas, mas eu quero dizer aos senhores: quando eu fui eleito em 2018, eu enfrentei todos estes adversários, todos eles, essa velha guarda, essa velha política e ganhei nos votos, mas eles não se contentaram pelo trabalho que eu fiz dentro do estado em todas as áreas.

Nós melhoramos a saúde, educação, a infraestrutura, segurança pública. Melhoramos a credibilidade do Estado, a confiança do Estado perante os órgãos financeiros, mas mesmo assim, para eles, é muito ruim. Quanto mais pior o Estado é melhor para eles. De qualquer forma, para mim, cheguei no limite, no limite que é insuportável ao ser humano aguentar tanta mentira, tanta bagunça como eles estão fazendo na minha vida. Estou me retirando do governo para que eles continuem esse governo e o Estado não se prejudique mais do que está.

De qualquer maneira eu quero agradecer toda a comunidade, todos os servidores do estado. Eu fiz o meu melhor, fiz aquilo o que tinha que ser feito para poder fazer do Estado, um Estado digno, com credibilidade, um Estado com a lei de responsabilidade equilibrada, com recurso no caixa, mas infelizmente sofri uma ação indevida do qual eu vou me defender e provar que eu não devo e não fiz nada de errado. A história vai dizer o que foi feito para o bem do estado.

Ficou tão difícil, tão insuportável. Peço a compreensão dos senhores pela decisão que tomei para poder me defender e ter oportunidade de provar que tudo isso que fizeram simplesmente foi político, política porque eles não querem o estado melhor. Eles querem o estado cada vez pior porque assim é melhor para essa velha política do estado do Tocantins. Peço desculpa aos senhores, agradeço pela confiança que depositaram em mim e honrei cada voto, cada cidadão no período que eu estava à frente do governo. Mais uma vez muito obrigado e um beijo no coração de vocês.

 
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://correiodotocantins.com.br/.
Correio do Tocantins Publicidade 1200x90
event.preventDefault(); }); document.body.oncontextmenu = function(e){ if(window.event) { return (event.returnValue = false) } else { e.preventDefault() } }; window.onmousedown = function(){ if(window.event){ if(event.button == 2 || event.button == 3){ return (event.returnValue = false) } } } } } bloqtx.init();
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp