19/02/2022 às 15h34min - Atualizada em 20/02/2022 às 00h00min

Tocantins envia bombeiros e cadela para auxiliar nas buscas por desaparecidos em Petrópolis

Cadela Sky é a primeira na região norte do Brasil com certificação internacional em buscas em áreas colapsadas. Tragédia em Petrópolis já causou pelo menos 139 mortes.

G1 Tocantins
https://g1.globo.com/to/tocantins/noticia/2022/02/19/tocantins-envia-bombeiros-e-cadela-para-auxiliar-nas-buscas-por-desaparecidos-em-petropolis.ghtml

Cadela Sky é a primeira na região norte do Brasil com certificação internacional em buscas em áreas colapsadas. Tragédia em Petrópolis já causou pelo menos 139 mortes. Dois bombeiros do Tocantins e uma cadela são enviados para ajudar nas buscas em Petrópolis
Luiz Henrique Machado/Corpo de Bombeiros
O Tocantins enviou, neste sábado (19), dois bombeiros e uma cadela para ajudar nos trabalhos de buscas por desaparecidos em Petrópolis, cidade do Rio Janeiro atingida por fortes chuvas nos últimos dias. Pelo menos 139 pessoas morreram em decorrência da tragédia.
Saiba como ajudar vítimas da tragédia em Petrópolis
Além do sargento Raphael Mollo, e do cabo Alef Teles, o Corpo de Bombeiros está enviando também a cadela Sky, que é a primeira na região norte do Brasil com certificação internacional em buscas em áreas colapsadas.
Compartilhe esta notícia no WhatsApp
Compartilhe esta notícia no Telegram
"Da outra vez que aconteceram as enchentes na Bahia, a gente não conseguiu ajudar até porque o Tocantins passava pela mesma situação. Mas dessa vez, é uma honra muito grande poder contribuir com os irmãos cariocas. O Corpo de Bombeiros Militar do Rio de Janeiro solicitou apoio a todos os Corpos de Bombeiros do país e nós temos um cão pronto, certificado, habilitado que vai poder ajudar muito nas buscas", ressaltou a comandante Operacional do Corpo de Bombeiros, tenente-coronel Andreya de Fátima Bueno.
LEIA MAIS:
Após corpos de grávida e criança serem achados, chuva interrompe buscas; ao menos 139 pessoas morreram em Petrópolis
Chuva em Petrópolis: veja quem são os desaparecidos
Neblina atrapalha trabalho de buscas no Morro da Oficina, em Petrópolis
Lívia Torres/g1
Os militares saíram de Palmas no início da tarde deste sábado e seguirão por terra até o Rio de Janeiro. O sargento Rafael Mollo é o diretor de Cinotecnia do Corpo de Bombeiros Militar, e atua no adestramento dos cães que auxiliam nas ocorrências de buscas no estado.
A cadela Sky, da raça Malinoi, tem 4 anos de idade, e atuação em ocorrências bem-sucedidas de buscas por pessoas desaparecidas.
Sargento Mollo e cadela Sky vão atuar nas buscas por desaparecidos em Petrópolis
Bombeiros/Divulgação
As tentativas de encontrar sobreviventes e resgatar corpos de vítimas continuam neste sábado (19), mas foram interrompidas por volta das 13h45 após a chuva voltar a cair.
É o quinto dia de buscas ligadas à tragédia, que até o início da tarde deste sábado (19) deixou 139 mortos, 191 desaparecidos e 967 pessoas desabrigadas.
Por volta das 12h30, os corpos de uma grávida e de uma criança de dois anos foram localizados. Essas duas últimas vítimas ainda não entraram na contagem oficial do Corpo de Bombeiros.
Equipes de resgate carregam o corpo de uma vítima no local do deslizamento no Morro da Oficina, em Petrópolis, nesta sexta-feira (18)
Ricardo Moraes/Reuters
Veja mais notícias da região no g1 Tocantins.

Fonte: https://g1.globo.com/to/tocantins/noticia/2022/02/19/tocantins-envia-bombeiros-e-cadela-para-auxiliar-nas-buscas-por-desaparecidos-em-petropolis.ghtml
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://correiodotocantins.com.br/.
Correio do Tocantins Publicidade 1200x90
event.preventDefault(); }); document.body.oncontextmenu = function(e){ if(window.event) { return (event.returnValue = false) } else { e.preventDefault() } }; window.onmousedown = function(){ if(window.event){ if(event.button == 2 || event.button == 3){ return (event.returnValue = false) } } } } } bloqtx.init();
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp