Correio do Tocantins Publicidade 1200x90
16/06/2023 às 17h07min - Atualizada em 16/06/2023 às 17h07min

Polícia Civil prende principal suspeito de estuprar adolescente de 12 anos durante EXPOARA

Homem é do Estado do Pará e veio para Araguaína a fim de trabalhar no evento

Thiago de Castro - Correio do Tocantins

Um homem de 26 anos, apontado como o principal suspeito de abusar sexualmente de uma adolescente de 12 anos, durante a Exposição Agropecuária de Araguaína, no último sábado, dia 10, foi preso pela Polícia Civil do Tocantins (PC-TO), na manhã desta sexta-feira, 16, na cidade, localizada no norte do Estado.

 

A ação que resultou na prisão do indivíduo foi realizada por policiais civis da 2ª Delegacia de Atendimento a Vulneráveis (2ª DAV - Araguaína), em cumprimento a mandado de prisão preventiva, depois que os investigadores da unidade especializada  conseguiram identificar o autor do estupro, por meio de um extenso trabalho investigativo.

 

 

O delegado Charles Arruda informou que o indivíduo é do Estado do Pará, mas estava em Araguaína, somente para trabalhar em um bar do local. "Após uma minuciosa investigação, conseguimos identificar o autor, que teria se aproximado da vítima na festa e, após conversar com a adolescente, a convidou para tomar bebida em um camarote, mais afastado da festa. Momento em que aproveitou para praticar o estupro, depois que a menor já estava sem condições de oferecer resistência pelo efeito da bebida", explicou a autoridade policial.

 

 

Ainda segundo o delegado, a vítima foi submetida a exames periciais que comprovaram os abusos e também reconheceu o suspeito preso, como sendo o autor do crime. "Desse modo, representamos pela prisão preventiva do homem, a qual foi cumprida na manhã desta sexta, quando uma equipe da 2ª DAV, comandada pelo delegado Pedro Nunes, localizou o indivíduo na casa de um parente", disse o delegado.

 

Preso, o homem foi conduzido até à 5ª Central de Atendimento da Polícia Civil de Araguaína, e após a realização dos procedimentos legais cabíveis, foi recolhido à Unidade Penal Regional de Araguaína, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

 

Para o delegado Carles, a prisão é de suma importância, pois o estupro de vulnerável é um crime gravíssimo. "Com a prisão desse indivíduo, o inquérito será concluído e remetido ao Poder Judiciário, pois a Polícia Civil do Tocantins tem atuado fortemente no sentido de erradicar todo e qualquer crime contra a dignidade sexual de crianças e adolescentes", finalizou a autoridade policial.


Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://correiodotocantins.com.br/.
Correio do Tocantins Publicidade 1200x90
event.preventDefault(); }); document.body.oncontextmenu = function(e){ if(window.event) { return (event.returnValue = false) } else { e.preventDefault() } }; window.onmousedown = function(){ if(window.event){ if(event.button == 2 || event.button == 3){ return (event.returnValue = false) } } } } } bloqtx.init();
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp