19/02/2022 às 16h57min - Atualizada em 20/02/2022 às 00h00min

Indígena diz que aldeia está sem energia e sem água potável há dias por causa de enchente na Ilha do Bananal

Povo Krahô-Kanela está com 98% do território alagado, diz indígena. Cerca de 80 pessoas vivem na aldeia Lankraré localizada entre o Rio Formoso e o Rio Javaé.

G1 Tocantins
https://g1.globo.com/to/tocantins/noticia/2022/02/19/indigena-diz-que-aldeia-esta-sem-energia-e-sem-agua-potavel-ha-dias-por-causa-de-enchente-na-ilha-do-bananal.ghtml

Povo Krahô-Kanela está com 98% do território alagado, diz indígena. Cerca de 80 pessoas vivem na aldeia Lankraré localizada entre o Rio Formoso e o Rio Javaé. Aldeia indígena na Ilha do Bananal fica alagada e moradores tiram gado do local
Cerca de 80 indígenas Krahô-Kanela, que vivem na aldeia Lankraré, na Ilha do Bananal, estão enfrentando dificuldades por causa das enchentes. A informação é que 98% do território está inundado. Em meio a tanta água, o povo sofre com a falta de água potável e de energia elétrica.
A aldeia fica entre o Rio Formoso e Rio Javaé, a cerca de 55 km de Lagoa da Confusão. Vídeos feitos por Noé Gaio Atxokã Krahô Kanela mostram vários locais tomados pela água. Nas imagens é possível perceber que as estradas parecem grandes córregos. É quase impossível caminhar em locais secos.
"Já é um território baixo de muito varjão. 60% da aldeia está sem energia desde terça-feira. Outra coisa, estamos sendo invadidos pela água e ao mesmo tempo, estamos sem água potável. Deu problema no quadro da água tratada. Estamos ilhados".
O g1 entrou em contato com o governo estadual e a Secretaria de Saúde Indígena, através do Ministério da Saúde, e aguarda uma resposta sobre as providências que serão tomadas.
A Energisa, informou que está constantemente monitorando a região para fazer o restabelecimento de energia, mas a área se encontra alagada e o acesso não é seguro, o que impossibilita o trabalho das equipes. E reforçou que segue acompanhando o caso e divulgará mais informações assim que possível.
Aldeia está tomada pela água na Ilha do Bananal
Noé Krahô Kanela/Divulgação
O vídeo também mostra uma tentativa de tocar o gado para uma área mais segura. Os indígenas que criam gado não sabem onde colocar os animais. Isso porque os pastos e currais foram tomados pelas enchentes.
"Estamos sem locais para colocar as criações. Os animais estão juntos, dormindo junto no terreiro da casa, na frente da casa".
Os indígenas pedem ajuda do governo, concessionárias e outros órgãos. O receio é de o problema se intensificar.
"Não conseguimos contato com a Defesa Civil para que eles deem uma analisada no que podemos esperar dessa enchente. Se vai ter mais barragens por cima de nós que possa ser aberta ou que vai ser aberta e os dias para a gente ficar na espera".
Curral está inundado na aldeia Lankraré, na Ilha do Bananal
Noé Krahô Kanela/Divulgação
O g1 vem acompanhando a situação das aldeias atingidas pelas enchentes na Ilha do Bananal. Indígenas da aldeia Takaywará também estão isolados há cerca de dois meses.
Sem poder deixar as criações e por medo da transmissão da Covid-19 nos centros urbanos, as famílias se viram como podem dentro das comunidades.
Renato Pypcrê Krahô diz que os indígenas precisam de abrigos seguros dentro das aldeias e que a tribo está sem condições de se sustentar.
"Como é que a gente vai para a cidade? Como a gente vai sobreviver se a gente não tem como caçar nada para se alimentar? A gente sai e não tem como levar as coisas da gente. A gente tem muita criação, e pra onde vão esses animais?" , disse o indígena.
Moradores da Ilha do Bananal tentam tirar gado da água após aldeia ficar alagada
Reprodução
Aldeia na Iha do Bananal fica alagada após chuva forte
Reprodução
Veja mais notícias da região no g1 Tocantins.

Fonte: https://g1.globo.com/to/tocantins/noticia/2022/02/19/indigena-diz-que-aldeia-esta-sem-energia-e-sem-agua-potavel-ha-dias-por-causa-de-enchente-na-ilha-do-bananal.ghtml
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://correiodotocantins.com.br/.
Correio do Tocantins Publicidade 1200x90
event.preventDefault(); }); document.body.oncontextmenu = function(e){ if(window.event) { return (event.returnValue = false) } else { e.preventDefault() } }; window.onmousedown = function(){ if(window.event){ if(event.button == 2 || event.button == 3){ return (event.returnValue = false) } } } } } bloqtx.init();
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp