18/02/2022 às 12h42min - Atualizada em 20/02/2022 às 00h00min

PF prende homem suspeito de armazenar mais de 700 imagens de sexo de crianças e adolescentes

Homem foi capturado no Distrito Federal, durante segunda fase da Operação Rapina 007.

G1 Tocantins
https://g1.globo.com/to/tocantins/noticia/2022/02/18/pf-prende-homem-suspeito-de-armazenar-mais-de-700-imagens-de-sexo-de-criancas-e-adolescentes.ghtml
Homem foi capturado no Distrito Federal, durante segunda fase da Operação Rapina 007. A Polícia Federal cumpriu, nesta sexta-feira (18), um mandado de prisão preventiva contra um homem suspeito de usar a internet para armazenar e compartilhar imagens contendo cenas de sexo de crianças e adolescentes. Essa é a segunda fase da operação Rapina 007 e foi realizada no Distrito Federal.
Os policiais também cumpriram um mandado de busca e apreensão contra esse suspeito no DF. As investigações são realizadas em Palmas.
Compartilhe esta notícia no WhatsApp
Compartilhe esta notícia no Telegram
A primeira fase dessa operação foi deflagrada em outubro de 2021. Na época, um mandado de busca e apreensão foi cumprido no município de Vicente Pires (DF). A PF disse que, através das buscas, conseguiu colher provas do armazenamento de mais de 700 imagens pornográficas de crianças e adolescentes e de que o autor praticava estes crimes há quase uma década.
Durante as investigações, a PF apurou que o suspeito usou diversos codinomes buscando não ser identificado, inclusive utilizando o famoso bordão “007”, por ser um codinome secreto difícil de ser identificado até pelas forças policiais.
No entanto, após várias diligências, análises, confrontações de dados e georreferenciamento conseguiu-se identificar o autor dos crimes.
Essa investigação começou por meio de uma cooperação internacional com os Estados Unidos da América, via Interpol, o qual encaminhou relatório identificando dezenas de imagens pornográficas de crianças e adolescentes.
A operação foi coordenada pela Superintendência Regional da Polícia Federal no Tocantins e deflagrada em conjunto com a Superintendência Regional da Polícia Federal no Distrito Federal.
Se condenado, o homem pode responder pelos crimes de oferecer, trocar, disponibilizar, possuir e armazenar cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente, conforme previsto nos artigos 241-A e 241-B, do Estatuto da Criança e do Adolescente, com penas que somadas podem ultrapassar 10 anos de reclusão.
A polícia destacou que em razão da pandemia causada pela COVID- 19, foi adotada logística especial de prevenção ao contágio, com distribuição de EPI´s a todos os envolvidos, a fim de preservar a saúde dos policiais, testemunhas e investigados.
Veja mais notícias da região no g1 Tocantins.

Fonte: https://g1.globo.com/to/tocantins/noticia/2022/02/18/pf-prende-homem-suspeito-de-armazenar-mais-de-700-imagens-de-sexo-de-criancas-e-adolescentes.ghtml
Link
Notícias Relacionadas »
Comentários »
Comentar

*Ao utilizar o sistema de comentários você está de acordo com a POLÍTICA DE PRIVACIDADE do site https://correiodotocantins.com.br/.
Correio do Tocantins Publicidade 1200x90
event.preventDefault(); }); document.body.oncontextmenu = function(e){ if(window.event) { return (event.returnValue = false) } else { e.preventDefault() } }; window.onmousedown = function(){ if(window.event){ if(event.button == 2 || event.button == 3){ return (event.returnValue = false) } } } } } bloqtx.init();
Fale pelo Whatsapp
Atendimento
Precisa de ajuda? fale conosco pelo Whatsapp